Blog Appto


  • Conheça os benefícios e os cuidados dos exercícios físicos na infância

     

    A prática de atividades físicas é importante em qualquer fase da vida, seja na infância, na fase adulta ou na terceira idade. Na infância, os exercícios físicos proporcionam um melhor condicionamento físico, previnem doenças futuras e melhoram a disposição dos pequenos.

    Saúde, bem-estar e estímulo ao crescimento

    Iniciamos com uma informação! De acordo com a Federação Mundial da Obesidade, se o Brasil continuar no ritmo que se encontra, em 2025 iremos atingir a marca de 11,3 milhões de crianças obesas. É uma situação alarmante e um problema que o mundo está enfrentando.

    Assim, a prática de exercícios físicos na infância vem como uma solução para o problema da obesidade infantil, aliada a uma boa dieta nutricional. Sejam em esportes recreativos, atividades na escola ou no clube, é importante incentivar este hábito saudável desde cedo.

    Consequentemente, essa prática também leva a uma melhor coordenação motora e melhora na postura, aumentando a inteligência corporal da criança. A disposição também é aprimorada, o que potencializa o desempenho escolar e a convivência com outras crianças e adultos.

    Conforme a criança avança de idade, essas funções desenvolvidas logo cedo auxiliam na capacidade motora e maior habilidade no controle dos movimentos. Especialmente para os esportes em grupo, a sociabilidade se torna um fator importante que é adquirido pela criança, além, é claro, do discernimento de regras e objetivos.

    Somado a todos esses benefícios, também está o estímulo ao crescimento, a promoção do bem-estar, o fortalecimento muscular e ósseo, a melhora na autoestima e a minimização de doenças relacionadas ao sedentarismo.

    Cuidados necessários

    Agora que você já sabe que a prática de exercícios físicos na infância é uma aliada, algumas orientações são indispensáveis. Uma delas é sobre os limites para esta prática. Fique sabendo que há sim cuidados que devem ser tomados, principalmente no excesso de atividades praticadas nessa fase da vida.

    Em primeiro lugar, devem ser evitadas sobrecargas que não são compatíveis com a faixa etária da criança. Mesmo que as atividades físicas comecem a ser praticadas cedo, até a puberdade elas devem ser consideradas uma brincadeira e não um treino pesado. Quanto mais esportes interativos a criança tiver acesso, seja na escola ou em um clube, melhor será para ela desenvolver o hábito de praticar exercícios.

    A sobrecarga de atividades no momento errado também pode causar problemas nas articulações da criança e do adolescente. Então, o correto é que os exercícios sejam leves, estimulem a sociabilidade e o trabalho em equipe e não sejam, necessariamente, uma obrigação.

    Para os pequenos atletas, um acompanhamento profissional é o mais indicado para que se saiba quais os limites do corpo e resistência da criança. Na Appto temos diversos planos que ajudam os pais a melhorar a qualidade de vida do filho e também contribuem com o desempenho dos pequenos atletas em desenvolvimento. Nossos programas são individualizados e incluem planos de treino e nutrição. Além de contar com uma metodologia inovadora que mede a carga ideal de atividades e descanso. Converse com a gente clicando aqui e saiba mais!

    ANGELO BORGO NETO é Educador Físico, especialista em Treinamento Desportivo de Alto Rendimento e em Fisiologia do Exercício. Possui experiência em avaliações e preparação física para natação de alto rendimento, futebol e handebol, equipes de corrida, ciclismo, vôlei de praia e iatismo. Atuou também como preparador físico do Centro Olímpico do Espírito Santo (COES).


    Compartilhar:


    Comentários:


    Voltar

Kreato Desenvolvimento Web