Blog Appto


  • Você conhece os perigos dos exercícios em excesso? Descubra agora!

     

    Tudo em excesso faz mal, e para os exercícios não é diferente. Seja pela vontade de alcançar “mais rápido” seus objetivos ou por mero prazer, muitas pessoas acabam exagerando na dose de treino sem dar o devido descanso para o corpo se recuperar. Isso acarreta uma série de problemas e, inclusive, pode causar lesões musculares e um ‘retrocesso’ nos resultados.

    Tal condição é chamada de overtraining, que significa em tradução direta “além do treinamento”, ou seja, a prática de exercícios em excesso. Iremos falar um pouco deste problema, as causas e os cuidados neste artigo. Continue a leitura e confira!

    Principais sinais para se atentar quando se está praticando exercícios em excesso

    Apesar de parecerem óbvios, as respostas do nosso corpo devem servir como parâmetro para analisar se estamos pegando pesado demais ou não. Além disso, um acompanhamento profissional se faz mais que essencial para avaliar tal condição.

    Demora na recuperação - quando se pratica atividades de alta intensidade, nossos músculos costumam ficar doloridos pelas lesões que causamos neles. É na recuperação muscular que nossos músculos são fortalecidos e tonificados. Mas caso a dor seja mais intensa e duradoura que o normal, você deve se atentar para não estar praticando exercícios em excesso.

    Insônia - a insônia também pode ser um sintoma para os exercícios em excesso. Enquanto uma boa rotina de treino garante uma qualidade maior do sono, quando excedemos o limite do nosso corpo o efeito é o oposto. Mesmo cansado, o seu corpo fica “acordado” trabalhando na sua própria recuperação, além da produção do hormônio do estresse que é aumentada.

    Lesões - a dor após os treinos é algo comum, isso significa que os nosso músculos estão se recuperando e ganhando força. Mas quando essa dor é mais intensa que o usual, isso pode significar lesões de sobrecarga, que atingem a integridade dos ossos, músculos e tendões. Praticar exercícios em excesso causa e aumenta a chance deste problema.

    Além dos sinais citados, existem outros diversos sintomas do overtraining que devem ser levados em consideração. O mau humor, falta de progresso e alguns distúrbios também são características dos exercícios em excesso.

    Como evitar o overtraining

    O melhor modo de evitar os malefícios dos exercícios em excesso é descansar de maneira adequada e não exagerar no treino. Também é importante seguir uma dieta rica em nutrientes e adequada ao seu estilo de atividade física. Mas como conseguir isso?

    Um acompanhamento profissional completo, especializado e individualizado é a melhor forma de se conseguir evitar tais problemas e aprimorar o seu desempenho. Definir junto com um educador físico e/ou fisiologista a melhor carga de treino e descanso condiciona para uma melhor performance, diminui o risco de problemas físicos e de overtraining.

    Então nada de passar do ponto sem antes consultar um profissional, beleza? Qualquer outra dúvida sobre o assunto basta acessar aqui e conversar com nossa equipe sobre nossos serviços e planos! Estamos preparados para te ajudar e melhorar a sua performance.

    ANGELO BORGO NETO é Educador Físico, especialista em Treinamento Desportivo de Alto Rendimento e em Fisiologia do Exercício. Possui experiência em avaliações e preparação física para natação de alto rendimento, futebol e handebol, equipes de corrida, ciclismo, vôlei de praia e iatismo. Atuou também como preparador físico do Centro Olímpico do Espírito Santo (COES).


    Compartilhar:


    Comentários:


    Voltar

Kreato Desenvolvimento Web