Blog Appto


  • Maratonas: qual o tempo ideal de treino?

     

    Todo esporte endurance precisa de um treinamento intensivo e a longo prazo. As maratonas e longas corridas, por exemplo, são atividades físicas que precisam de um treino planejado e bem estruturado. Nosso fisiologista, Angelo Borgo, contou um pouco sobre esse tipo de preparação e qual o tempo ideal para você começar a treinar.

    É importante ter em mente que as maratonas são intensivas e que, sem um preparo físico adequado, podem trazer problemas fisiológicos para o praticante. O treino prévio vem com o objetivo de preparar seu corpo para uma atividade que vai exigir muito do seu físico e alcançar seus objetivos esperados.

    “O treinamento tem que ser focado no seu objetivo final, com avaliações periódicas da equipe e com um volume semanal de corrida controlado”, contou Angelo.

    Mas por quanto tempo eu devo treinar até começar a participar de grandes maratonas? Antes de tudo, deve-se levar em consideração que cada pessoa possui suas características únicas e uma resposta fisiológica diferente. O ideal é alinhar com sua equipe sobre o melhor tipo de treino e qual a duração adequada.

    Há um consenso de que a prática da corrida deve acontecer previamente entre 3 a 5 anos antes da pessoa encarar uma maratona. Contudo, se você já tiver essa prática e quer se preparar para uma maratona que vai acontecer em breve, Angelo afirma que o ideal é ter um planejamento de treino de 6 a 8 meses antes do evento.

    Uma dica importante para quem está treinando para uma corrida longa é a técnica de rodagem. Essa estratégia, que ficou popular nos anos 80, consiste em você aumentar a quilometragem do seu treinamento de rua em no máximo 10% por semana. Especialistas apontam que quem aumenta mais do que isso fica mais propenso a lesões.

    O uso de biomarcadores também pode te ajudar a ter um direcionamento e controle maior da sua preparação. “Com ele (biomarcador) nós conseguimos controlar o que chamamos de carga interna, ajustando as variáveis de treinamento e descobrindo, por exemplo, o melhor momento de fazer uma recuperação” disse Angelo.

    Você pode conhecer um pouco mais do nosso trabalho com biomarcadores no artigo sobre o nadador ucraniano e recordista mundial, Andrii Govorov. Acesse.

    Angelo Borgo é Educador Físico, especialista em Treinamento Desportivo de Alto Rendimento e em Fisiologia do Exercício, possui experiência em avaliações e preparação física para natação de alto rendimento, futebol e handebol, equipes de corrida, ciclismo, vôlei de praia e iatismo. Atuou também como preparador físico do Centro Olímpico do Espírito Santo (COES).


    Compartilhar:


    Comentários:


    Voltar

Kreato Desenvolvimento Web